23 de dezembro de 2009

Homenagem Elias Garcia


Por ocasião do 179º Aniversário do nascimento do ilustre Cacilhense Elias Garcia, no próximo dia 30 de Dezembro de 2009 , convidamos todos os cacilhenses a estarem presentes nesta quarta feira, pelas 18h 30m na singela homenagem da efeméride, onde será colocado um ramo de flores no seu busto , situado no local onde nasceu.

20 de dezembro de 2009

ÁLVARO VALENTE o Homem e a Obra

Novo livro de ARTUR VAZ


Com lançamento agendado para o dia 31 de Janeiro, Artur Vaz vai lançar a biografia de Álvaro Valente, personalidade interventora na vida cívica montijense, nomeadamente na primeira metade do século XX, em edição da Câmara Municipal do Montijo.
Farmacêutico de profissão, republicano de ideário político, Álvaro Valente distinguiu-se, também, como fluente orador.
Questionado pelo FAROL sobre a sua nova obra, Artur Vaz, referiu «que o biografado é uma notabilidade local e nacional de grande cariz social, cultural e político da década 30 do século XX, quando se entrosou com a causa dos bombeiros voluntários, primeiro na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Montijo, de que foi comandante (a partir de Janeiro de 1931), depois, ampliando a sua intervenção no aparecimento da Liga dos Bombeiros Portugueses. É dele a autoria do lema “Vida Por Vida”, hoje o ex-líbris do ideário de todos os “soldados da paz”».
Este novo trabalho a juntar à sua vasta obra literária, tem como objectivo para além de preservar a memória e a identidade das gentes do Montijo, registar casos e factos inéditos de vários lugares como: Espinho, Pinhal Novo, Estremoz e Almada, concelho ao qual Álvaro Valente está vinculado não só por lá proferir várias palestras, como também pelo facto de ser de sua autoria o poema do seu hino municipal, musicalizado pelo célebre maestro Leonel Duarte Ferreira e da obra poética “Um Hino a Almada”, valiosa raridade bibliográfica.
Com prefácio do professor universitário e historiador Dr. Luís Graça, este trabalho de Artur Vaz é segundo ele: “um diligente trabalho de pesquisa, sobretudo a nível da documentação provante, escorado em adequada bibliografia e honesta exposição. Mais uma obra para a galeria da bibliografia montijense, a reforçar os valores de uma identidade local, pois o seu autor é um investigador prestigiado pelos trabalhos a que mete ombros, fundamentais para o entendimento das origens destas terras da margem sul do Tejo”.

13 de dezembro de 2009

O Baile do Menino Deus




Foi um espectáculo mágico onde cor, luz, alegria, dança e música combinaram na perfeição. Está de parabéns o Grupo Balé Brasil de Portugal e todos os que colaboraram nesta apresentação que durou três dias e aconteceu na Casa Municipal da Juventude, em Cacilhas.
Veja a foto-reportagem completa neste BLOGUE e os restantes nove vídeos neste CANAL DO YOUTUBE.



28 de novembro de 2009

As Tertúlias da SCALA

No próximo dia 3 de Dezembro, terá lugar mais uma tertúlia, sob o tema "Fotografia de Natureza: técnicas e dicas" pelo nosso associado Modesto Viegas.

26 de novembro de 2009

Baile do Menino Deus

10, 11 e 12 de Dezembro
no Ponto de Encontro, em Cacilhas
Baseado no musical de Ronaldo Correia de Brito, Assis Lima e António Madureira


11 de novembro de 2009

Workshop “Cuidar dos Nossos”

A Comissão Social Inter-Freguesias de Almada vai organizar no dia 19 de Novembro de 2009 um workshop sob o tema “Cuidar dos Nossos”.

5 de novembro de 2009

Humberto Borges



Faleceu no dia 4 de Novembro de 2009, aos 72 anos de idade, o nosso associado e amigo, Humberto Borges.
Cacilhense da Margueira, iniciou o seu percurso desportivo no futebol jovem do Ginásio Clube do Sul, jogando até aos seniores, onde uma grave lesão o afastou da prática da modalidade. Mas foi ao serviço do seu clube do coração, o Almada A. C. e do Andebol, sua modalidade de eleição, que se destacou pelos serviços relevantes prestados ao Desporto e à Juventude.
Dirigente, animador desportivo, treinador, organizador e escritor, Humberto Borges foi um grande senhor deste Concelho de Almada, pela simplicidade, pela competência, mas fundamentalmente pelo altruísmo e pela nobreza, que colocou durante uma Vida plena ao serviço da comunidade.
Sócio fundador de “ O Farol – Associação de Cidadania de Cacilhas”, tinha decidido em Novembro de 2007, a seguir ao lançamento do seu livro “ História do Andebol no Concelho de Almada”, dinamizar a preparação de mais um livro “ Memórias das Margueiras”, local onde nasceu em 1937, e se fez homem.

À família apresentamos as nossas condolências, comungando da sua tristeza.

Na foto : Humberto Borges intervém sobre a Margueira em 2007, numa sessão evocativa desse local, acompanhado por Fernando Barão.

A Direcção de “ O Farol”

Festa em honra de Nª Sª do Bom Sucesso

Cacilhas, 1 de Novembro de 2009




Fotografias: Modesto Viegas

17 de outubro de 2009

"Golfinho de Gibraltar - Memórias" de José de Freitas


José de Freitas lança no próximo dia 31 de Outubro pelas 16 h, na SFUAP no Ginásio-Cine da Cova da Piedade, o Livro "Golfinho de Gibraltar - Memórias".
Embora não tivesse nascido em Almada. José de Freitas deu aqui continuidade à sua carreira desportiva de nadador e grande campeão, como treinador e responsável técnico da natação da SFUAP desde 1968.
Foi ele um dos grandes responsáveis pelo grande crescimento da natação no Concelho de Almada, não só pelo grande número de crianças que ensinou a nadar, como pelo desenvolvimento que imprimiu à competição, tanto masculina como feminina.
Ao número de praticantes junta-se também a qualidade dos mesmos, certificada ao longo de dezenas de anos, pelos excelentes resultados e vitórias em Campeonatos, obtidos pelos nadadores da sua colectividade em provas nacionais e internacionais.

Não vamos referir as distinções e homenagens que foram feitas, mas sim deixar aqui o nosso agradecimento pelo seu trabalho e empenho em prol da Juventude de Almada a este Grande Desportista Almadense.

Texto: Henrique Mota
Fotografia: arquivo de "O Farol"

13 de outubro de 2009

9 de outubro de 2009

Inauguração da exposição " 6.900 dias de Cartoon " de Carlos Laranjeira (3/10/09)

Ficam algumas imagens da exposição de Carlos Laranjeira, que continua continuamente a surpreender pelo seu traço genuíno, pelo seu sentido de humor e crítica social, que transmite de forma sempre actual e renovada, no seu trabalho quotidiano.
Um dos grandes valores culturais de Almada e do País.













Fotografias: Ermelinda Toscano

29 de setembro de 2009

" 6.900 dias de Cartoon " de Carlos Laranjeira



O Farol - Associação de Cidadania de Cacilhas, congratula-se com a homenagem pública promovida a este grande artista cacilhense, pelas Juntas de Freguesia do Concelho de Almada e pelo f4 - Associação de Imagem e Cultura.
A exposição retrospectiva do trabalho " 6.900 dias de Cartoon " de Carlos Laranjeira , marcará o incio da IV Bienal ImaginArte Almada 2009, no próximo Sábado dia 3 de Outubro pelas 18.00h em Almada (Vão estar expostos trabalhos realizados para o Record, Correio da Manhã, Focus e Sic Notícias).
Vai estar disponivel ao público de 4ª feira a Domingo.

23 de setembro de 2009

De Sol a Sul - de Francisco Naia



A 19 de Setembro de 2009, na Sala Pablo Neruda, do Fórum Romeu Correia em Almada, decorreu o espectáculo "De Sol a Sul - a música e a poesia de Francisco Naia" que contou com a presença de cerca de cinco dezenas de pessoas que encheram a sala, conforme se pode ver pela foto reportagem no final deste artigo.

O Professor Alexandre Castanheira fez uma apresentação biográfica do autor deixando-o bastante emocionado. De seguida, o Mestre Eduardo Raposo falou do seu amigo, da importância da amizade e de como sentia este seu último trabalho.

Entretanto Francisco Naia cantou algumas das suas mais bonitas canções acompanhado à viola campaniça pelo músico Ricardo Fonseca.

«Letras de canções que são poemas vestidos de acordes musicais que lhes dão consistência, interpretados por uma voz sublime que é o espelho da sensibilidade do seu autor.

Uma harmonia perfeita entre a palavra escrita e a palavra cantada, testemunho de sentimentos que a música ilustra de forma magnífica.

Sons de um Alentejo profundo, de raízes que se estendem às terras de Almada, que falam do quotidiano, dos amores e aventuras das suas gentes.

Um aconchego para a alma de quem ouve.»


A terminar, apenas uma pequena nota: em simultâneo estava patente ao público a exposição colectiva "Repensar - Las meninas" (escultura, fotografia, instalação e pintura), organizada por José Neto com a assessoria de Sofia Raposo, a qual encerra ao público no próximo dia 3 de Outubro.









Texto e fotos de Ermelinda Toscano

19 de julho de 2009